Quem

Quem

Luciana Silveira

No ano 2000 me formei na faculdade de Turismo e Hotelaria, na época já trabalhava com viagens e eventos para empresas há 4 anos, com isso busquei me especializar mais nessa área; fiz uma extensão universitária em Marketing de Relacionamento, outra em Gestão de Viagens Corporativas e um pós-graduação em Gestão empresarial além de vários cursos e congressos na área. Trabalhei em algumas agências de viagens, operadoras, organizei e coordenei eventos e grupos de viagens técnicas nacionais e internacionais para empresas multinacionais.

Em 2017 realizei um grande sonho, ser Mãe!

Após o nascimento da minha filha voltei ao trabalho quando ela completou exatos 05 meses e 10 dias. Durante a licença maternidade eu preparei tudo para que ela estivesse bem assistida quando eu retornasse ao trabalho: contratei e treinei babá — o que de início não deu muito certo, porém, após o primeiro mês, ela foi substituída por uma pessoa que foi uma benção nas nossas vidas e que até hoje nos ajuda muito —, tirei leite para congelar, o pai conseguia ser mais presente trabalhando em sistema home-office, eu chegava em casa com tempo para amamentar, dar o banho, fazer shantala, colocá-la para dormir. Na prática, estava tudo certo e funcionando perfeitamente.

Mas apesar de, aparentemente, tudo estar bem eu não estava bem feliz, em paz. Eu queria estar mais presente para a minha filha, especialmente nessa fase da primeira infância, os famosos primeiros 1000 dias de vida. Confesso que foi um período difícil, de muitos dilemas, dúvidas, medos e angústias até que decidi tomar uma atitude em nome da minha paz e da qualidade de vida da minha filha. Eu saí do trabalho! Abandonei minha carreira de mais de 20 anos na área de viagens e eventos corporativos. Confesso que senti um certo frio na barriga, afinal de contas, eu gostava do meu trabalho, havia investido muitos anos e recursos em formação nessa área, tinha um cargo e uma renda confortáveis e com certa estabilidade após alguns anos na mesma empresa, sem contar o atual momento de crise e os milhares de desempregados país afora. Mas mesmo com tudo isso eu encontrei a paz que eu tinha perdido no primeiro dia em que retornei ao trabalho pós-licença maternidade. Foi simplesmente libertador! Eu conseguia acordar e tomar café da manhã com calma, amamentar minha filha, preparar a alimentação dela, fazer as refeições junto com a minha família, tudo que eu desejava.

 

Estilo de Vida

 

Durante o período que fiquei exclusivamente em casa pude também dedicar tempo para fazer as coisas que eu gosto como cuidar das plantas, cozinhar, fazer compras de itens para a casa, organizar, decorar, mudar as coisas de lugar, sempre com o intuito de ter e proporcionar um ambiente acolhedor e harmonioso. Pude desfrutar de coisas simples como assar um bolo e passar um café pra receber alguém querido ou apenas pra minha pequena família, mimo clássico de uma típica mineira.

Eu estava curtindo muito tudo isso, eu amo minha casa, ficar em casa, receber as pessoas e, como uma boa canceriana, sempre gostei de tudo que envolve este universo de cuidado: cuidado com as coisas, com a casa, com as pessoas.

 

Inspiração: Porque Organizar?

 

Depois de um tempo comecei a pensar na necessidade de um trabalho, mas que fosse uma atividade que eu pudesse administrar meu tempo de forma a continuar sendo presente durante a infância da minha filha. Pensei em diversas coisas que eu poderia fazer, eu gostava de trabalhar com viagens e por muito tempo aquilo fazia os meus olhos brilharem, mas eu queria uma mudança. Queria fazer algo que eu olhasse e me visse naquilo, visse um pouco da minha história, da minha personalidade, das minhas raízes, que estivesse em sintonia com meu estilo de vida e com a qualidade de vida que eu prezo ter e oferecer à minha filha. Nesta busca, que foi um verdadeiro processo de auto-conhecimento, veio a inspiração que eu tanto buscava.

Das coisas que mais me recordo da minha infância é de ajudar minha mãe a organizar armários, gavetas e maleiros desde bem pequena, sem contar o embalar e encaixotar itens da casa pois nos mudávamos constantemente de cidade naquela época. Minha mãe é a pessoa mais organizada que eu conheço, daquelas que sabe onde está tudo, que tem a bolsa sempre organizada, os armários, a casa, a mala pra viajar, o porta-luvas do carro. Ela é uma inspiração pra mim e foi através dessas lembranças, nessa busca das minhas origens, que descobri um talento: o cuidado.

Em minhas pesquisas no Pinterest (que amo!), percebi que 90% dos meus boards são de temas relacionados a algo que faz parte deste universo: decoração, culinária, arranjos de flores, composição de mesas, ideias para organização de festas, jardinagem, itens e design para casa e outras “caseirices” em geral. Paralelo a isso, me dei conta de que o canal de TV que mais assisto é o GNT, cuja grade atual, na sua maioria, é de programas com temas também relacionados a este universo: decoração, organização, gastronomia, organização de festas, sustentabilidade, entre outros, o que é um retrato de tudo que realmente me encanta, me inspira e tem feito brilharem os meus olhos. E foi através dessas sutis observações que brotou no meu coração a sementinha para uma transição de carreira porque, apesar de querer estar com a minha filha, acredito que tanto quanto estar presente é igualmente importante ser para ela um exemplo de mulher independente, autônoma, produtiva, que sonha e, principalmente, que realiza.

 

Transição de carreira

 

Assim como sempre investi na minha formação em consultora de viagens e eventos corporativos, meu lado perfeccionista não me permitiria me aventurar em uma nova carreira sem estar preparada. Assim, fui estudar, ler, fazer cursos, laboratórios, oficinas, participar de feiras, conhecer o fundo esse mercado até me sentir segura e profissionalmente preparada para estar no mercado prestando um serviço de alta qualidade, à altura do que eu prestava na área de viagens. A semente foi plantada, germinou e nasceu a L’Harmonia – Consultoria em Organização e bem estar – por Luciana Silveira, onde atuo no mercado como Personal Organizer oferecendo consultoria e soluções em organização.

 

Formação

 

Fiz Capacitação para Personal Organizer Home Pro da OZ em São Paulo, a escola pioneira em formação de profissionais de Organização no Brasil, fiz também especialização em Organização de Mudanças residenciais, outra especialização em Treinamento de empregados domésticos e mais uma em Organização de Home-Office, na sequência fui pra o Rio fazer o curso da Micaela Goes (Santa Ajuda – do canal GNT) e  Ivanna Portella (Auxilio Luxuoso) na A Casa com Vida, um final de semana inteiro de imersão num ambiente humanizado e impecável onde conheci pessoas incríveis e que muito me inspiraram; Posteriormente, fiz um curso de Planejamento e Organização de Malas e de Técnicas de Lavadoria e Passadoria e, a cada formação concluída reafirmava meu sentimento que cuidado é mais que um talento, é uma profissão que me escolheu com base nas minhas escolhas.

 

Propósito

 

O foco da organização é o bem estar. Quando vivemos em um ambiente organizado isso reverbera em todas as áreas de nossa vida. É transformador! E é isso que me inspira nesse trabalho no qual me proponho a oferecer um estilo de vida prático, leve e harmonioso.